Buscar

Gasolina fecha março acima de R$ 7 no Sudeste

Essa foi a segunda maior média nacional, atrás apenas do Nordeste


O preço médio da gasolina aumentou 5,90% no Sudeste, se comparado a fevereiro, e ficou acima de R$ 7 nas bombas. Essa foi a segunda maior média nacional, atrás apenas do Nordeste, segundo o levantamento do fechamento de março do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). As bombas chegaram a marcar R$ 7,339.


No balanço regional, o Estado a registrar o aumento mais expressivo do período para a gasolina foi o Espírito Santo, que comercializou o combustível 7,24% mais caro ante o mês anterior, a R$ 7,450. Na sequência, Rio de Janeiro (6,11%), São Paulo (5,12%) e Minas Gerais (5,09%) também apresentaram altas expressivas.


Os postos fluminenses foram os responsáveis pela distribuição da gasolina mais cara da região, a R$ 7,675 o litro. São Paulo, além de registrar a menor média do País para o combustível, também apresentou o menor preço entre os quatro Estados, a R$ 6,737.


Fonte: Frota & Cia