Buscar

Governo desembolsa R$ 4,8 bi com programa de subsídio ao óleo diesel

Medida foi adotada após a greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio passado; 92,8% do total foi repassado à Petrobras





​O governo federal desembolsou R$ 4,8 bilhões em 2018 com o Programa de Subvenção Econômica à Comercialização do óleo Diesel, uma das medidas adotadas para sanar a greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio passado. Desse total, R$ 4,47 bilhões, o equivalente a 92,8%, foram repassados à Petrobras. As informações foram levantadas pela CNT (Confederação Nacional do Transporte). O valor destinado às empresas beneficiárias da subvenção ficou abaixo dos R$ 9,5 bilhões previstos originalmente no orçamento do Executivo para bancar a medida. Isso ocorreu em razão da queda do preço do petróleo no mercado internacional ao longo do ano, ou seja, não houve necessidade de repasse de todo o valor inicialmente previsto.  O programa foi iniciado em 30 de maio, com a promulgação da Medida Provisória nº 838, convertida na lei nº 13.723, e encerrou-se em 31 de dezembro. Inicialmente, seu o objetivo era reduzir o preço do combustível para os transportadores. Para tanto, o governo ofereceu subsídio de R$ 0,30 por litro do combustível aos produtores e importadores do óleo e também zerou a cobrança da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico).  A nova política de preços da Petrobras não compreende o pagamento de subsídios e segue a paridade internacional. 

Fonte: Agência CNT de Notícias

Endereço: Av. Getúlio Vargas 1715 -

Centro, Uberlândia - MG

 (34) 3214-0566

Horário de Funcionamento: 

8h às 12h e 14h às 17h

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

2018. SETTRIM. Todos os direitos reservados.