Buscar

GOVERNOS ESTADUAIS VOLTAM ATRÁS E PRORROGAM POR MAIS 60 DIAS O CONGELAMENTO DO ICMS


Em reunião realizada na quinta-feira (27) o Comitê Nacional de Politica Fazendária (CONFAZ) aprovou a prorrogação, até 31 de março, do congelamento do preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre os combustíveis.


Estavam presentes na reunião de aprovação os secretários de Fazenda dos 26 estados Brasileiros e Distrito Federal. A vigência da medida de congelamento anterior tinha validade até 31 de janeiro.


Contudo, os governadores defendem, porém, soluções estruturais para estabilização dos preços dos combustíveis, como um fundo de equalização de preços – informou, em nota, o Comitê Nacional dos Secretário de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Consefaz).


Para o Consefaz, só o congelamento do ICMS não é suficiente para impedir os reajustes dos combustíveis, porque os elementos centrais dos aumentos são a variação do dólar e a política da Petrobras de paridade com o mercado internacional do petróleo.


Diante da situação, o Consefaz manifestou apoio à criação do fundo de equalização, como forma de evitar que os reajustes do barril de petróleo no mercado internacional sejam repassados para o preço final dos combustíveis, como tem ocorrido, gerando aumentos frequentes.


Fonte: SETCEMG