Buscar

Investimentos estrangeiros diretos em transporte no Brasil crescem

Em nova análise, CNT destaca que necessidade de desenvolvimento da infraestrutura logística do país representa oportunidade para investidores



Levantamento da CNT (Confederação Nacional do Transporte), com base em dados do Banco Central do Brasil, mostra que o investimento estrangeiro direto no Brasil está crescendo. Investimentos estrangeiros diretos são os aportes vindos do exterior que são aplicados na estrutura produtiva do país, a fim de colaborar com a expansão de sua capacidade. Em 2018, o montante de recursos somou US$ 88,31 bilhões, 25,7% mais do que em 2017. E há uma tendência de crescimento que se observa desde 2015.  A maior parcela desses recursos (US$ 20,81 bilhões) teve como destino atividades econômicas do setor de serviços, dentre as quais está o transporte. O segmento recebeu R$ 3,02 bilhões. Esse valor é 5,7% mais do que o ingresso bruto médio anual de investimento direto para o segmento registrado no período de 2010 a 2017.  Os dados integram a nova edição do Conjuntura do Transporte, divulgado pela CNT na quarta-feira (13). O boletim analisa a expansão dos investimentos estrangeiros diretos no Brasil (com informações do Banco Central, da Unctad - Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento – e da Renai – Rede Nacional de Informações sobre Investimentos - e destaca que o país representa uma oportunidade a investidores, especialmente pela necessidade de desenvolvimento da infraestrutura de transporte e da insuficiência de recursos públicos para que sejam realizadas as intervenções necessárias.  “Os valores aportados”, informa o boletim, “podem financiar, além da atividade das empresas que prestam esse tipo de serviço, a construção de novas estruturas e melhorias da infraestrutura existente. Nesse sentido, o investimento estrangeiro direto nesse setor visa fomentar a qualidade do serviço prestado e aumentar a oferta do transporte no Brasil, contribuindo para o seu bom desempenho”  De acordo com a CNT, a participação de capital privado internacional é amplamente aceita pelas empresas transportadoras. Conforme levantado pela Sondagem Expectativas Econômicas do Transportador 2018, 82,8% dos transportadores entrevistados concordam com o uso de recursos privados estrangeiros na oferta de infraestrutura de transporte. Clique aqui e acesse a íntegra da nova edição do Conjuntura do Transporte

Fonte: Agência CNT de Notícias

Endereço: Av. Getúlio Vargas 1715 -

Centro, Uberlândia - MG

 (34) 3214-0566

Horário de Funcionamento: 

8h às 12h e 14h às 17h

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

2018. SETTRIM. Todos os direitos reservados.