Buscar

Minas atinge 88% da população acima de 12 anos vacinada com a primeira dose

Queda na incidência de COVID-19 foi de 36% nos últimos 14 dias em todo o estado


Minas Gerais atingiu 88% da população acima de 12 anos vacinada com a primeira dose. Já sobre o esquema vacinal completo, 64,14% das pessoas nesta faixa etária já estão imunizadas com duas doses ou dose única. As informações são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).


Além das ações do governo de Minas em ampliar a vacinação contra a COVID-19, um dos fatores que contribuíram pela porcentagem positiva foi a adesão dos mineiros à campanha, como diz o secretário de Saúde, o médico Fábio Baccheretti. “Atingimos esse percentual de vacinação contra a COVID no estado graças à população que não hesitou em procurar os postos para se proteger.”


Em todo o estado, foram aplicados até o momento quase 28,5 milhões de imunizantes contra a COVID-19. Porém, o secretário ressaltou durante reunião do Comitê Extraordinário COVID-19, grupo de trabalho e acompanhamento da pandemia, que a pandemia ainda não acabou. “Quem não tomou a vacina procure um centro de saúde e vá se imunizar. Só assim a gente conseguirá diminuir, ainda mais, a circulação do vírus, as mortes e internações.”


Onda verde

No estado, a queda na incidência de COVID-19 foi de 36% nos últimos 14 dias. Na região Oeste de Minas, a queda registrada foi de 74%. Já no Nordeste, o percentual de incidência do coronavírus diminuiu 68%. As internações, no geral, tiveram redução de 15,6%. A ocupação de leitos UTI SUS Covid está em 20% e enfermaria na casa dos 5%.


Devido à queda na incidência de COVID-19, foi aprovada a continuidade da onda verde em todo o estado, e o grau de risco está baixo em todas as 14 macrorregiões. Por isso será possível a manutenção na fase mais flexível do Minas Consciente, plano que orienta a retomada segura das atividades econômicas nos municípios de Minas Gerais.


“A COVID-19 não é o que mais causa internação por SRAG, síndrome respiratória aguda grave. Uma ótima notícia que reflete o momento de melhoria da doença em Minas”, destacou o secretário de Saúde.


Fonte: Estado de Minas Gerais