Buscar

Minas Gerais distribui vacina contra a covid em tempo recorde


Com intervalos inferiores a 30 minutos, 25 voos decolaram do aeroporto da Pampulha, na última terça-feira (19/1), rumo às Unidades Regionais de Saúde (URS) do Estado levando 409.103 doses de vacinas. O restante da carga (87.057 doses) segue por via terrestre para as unidades de Belo Horizonte, Divinópolis e Sete Lagoas, também chegaram na terça-feira, a seus destinos até 16 horas, conforme planejamento feito pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG).


De acordo com o superintendente de Transporte do Gabinete Militar do Governador, major Marcelo Villas Boas, o trabalho logístico de distribuição das vacinas foi iniciado às 4h30. Na ação, foram empregados quatro caminhões refrigerados, cinco aviões e três helicópteros. Todas as aeronaves compõem a frota aérea dos órgãos de segurança pública do estado: Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).


“Desta forma, o Estado de Minas Gerais terá recebido, manipulado e distribuído a vacina em tempo recorde, sem qualquer incidente técnico ou operacional. Um exemplo de comprometimento e responsabilidade para com o povo mineiro”, pontuou Villas Boas.


O transporte das doses é realizado em caixas de isopor climatizadas e com temperatura monitorada, não havendo, dessa forma, qualquer ameaça para a carga. Cada caixa pode comportar de 1.500 a 2.000 doses da vacina.


A major do Corpo de Bombeiros Carla Lessa, que também atuou no desastre de Brumadinho, falou sobre a colaboração entre as forças de segurança. “É uma satisfação muito grande participar de um momento tão importante, em que os órgãos de Segurança Pública de Minas Gerais atendem a uma determinação do governador Romeu Zema para apoiar a distribuição das vacinas. O objetivo é que as doses cheguem o mais rápido possível aos municípios mineiros”, destacou.


Fonte: Diário do Comércio