Buscar

Minas pede ao Ministério da Saúde adiamento temporário do recebimento de novas doses de Pfizer

A pasta argumenta que, no momento, a Central Estadual da Rede de Frio e as unidades regionais de saúde possuem disponibilidade de doses do imunizante suficientes para suprir as demandas dos municípios.


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) solicitou ao Ministério da Saúde o adiamento temporário do recebimento de novas vacinas da Pfizer no estado.


Este tipo de imunizante exige armazenamento especial e após o descongelamento, deve ser administrada dentro de 30 dias. Desse modo, segundo o governo do estado, não é possível armazenar grandes volumes nos municípios, sob risco de perda por validade.


Ainda de acordo com a SES, no mês de dezembro foram recebidas mais de 810 mil doses da Pfizer e o estoque disponível na data de quarta-feira (22) é de 1.395.705 doses desta vacina pfizer, que está à disposição dos municípios.


O estado informou ainda que, havendo necessidade, fará a solicitação de novas doses ao Ministério da Saúde, para repasse às prefeituras "em tempo oportuno e de forma segura".


Leia a nota da SES-MG na íntegra:

"A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informa que o Ministério da Saúde é o responsável por definir as pautas de distribuição, com os quantitativos disponíveis para cada estado. Desse modo, os quantitativos de doses da vacina da Pfizer definidos pelo Ministério da Saúde e recebidos pelo estado foram:


Julho: 933.660 doses

Agosto: 2.963.610 doses

Setembro: 3.603.720 doses

Outubro: 2.896.920 doses

Novembro: 3.855.090 doses

Dezembro: 810.810 doses

O estoque disponível na data de hoje é de 1.395.705 doses da vacina Pfizer, já faturado para distribuição e à disposição dos municípios, conforme necessidade. Informamos ainda que não há doses de vacina Pfizer com vencimento próximo.


No momento, a Rede de Frio Estadual e as Unidades Regionais de Saúde possuem disponibilidade de doses do imunizante da Pfizer suficiente para suprir as demandas dos municípios.


A vacina da Pfizer exige armazenamento especial, pois, após o descongelamento, deve ser administrada dentro de 30 dias. Desse modo, não é possível armazenar grandes volumes nos municípios, sob risco de perda por validade.


Diante disso, a SES-MG solicitou, via e-mail, o adiamento temporário no recebimento de novas remessas do imunizante. Havendo necessidade, o Estado fará a solicitação de novas doses ao Ministério da Saúde, para repasse às prefeituras em tempo oportuno e de forma segura".


O que diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou em nota que, de julho a dezembro, foram enviadas cerca de 15 milhões de doses da vacina da Pfizer para Minas Gerais, divididas da seguinte forma:


Julho - 1,2 milhão

Agosto - 2,7 milhões

Setembro - 3,7 milhões

Outubro - 3,9 milhões

Novembro - 2,4 milhões

Dezembro - 810 mil

A pasta afirmou ainda que "as distribuições são feitas de acordo com a solicitação dos estados. Desde janeiro, Minas Gerais já recebeu 37,7 milhões de doses de vacinas Covid-19. "


Fonte: G1