Buscar

Bolsonaro anuncia auxílio a caminhoneiros para compensar alta do diesel

Atualizado: 25 de out. de 2021

Durante participação em evento na cidade de Sertânia (PE), o presidente disse que cerca de 750 mil caminhoneiros receberão o benefício



O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta quinta-feira, 21, que o governo federal vai criar um auxílio para os caminhoneiros autônomos do país. “Nós vamos atender aos caminhoneiros autônomos. Em torno de 750 mil caminhoneiros receberão uma ajuda para compensar o aumento do diesel”, afirmou Bolsonaro.


A informação foi dada pelo presidente na cerimônia de inauguração do Ramal do Agreste, em Sertânia (PE). Segundo Bolsonaro, o programa será detalhado oportunamente, com a apresentação dos números do auxílio. “Fazemos isso porque é através deles que as mercadorias e os alimentos chegam aos quatro cantos do país”, completou.


Os caminhoneiros anunciaram nesta semana a possibilidade de greve a partir de 1º de novembro, caso o governo não apresentasse uma solução para a alta dos preços do óleo diesel. O presidente explicou que os preços dos combustíveis sofrem impacto do dólar e da variação do petróleo. “Parte considerável nós importamos e temos de pagar o preço deles lá de fora”, afirmou.


Ainda durante o evento, Bolsonaro reiterou críticas às medidas de isolamento social durante a pandemia, que mantiveram as pessoas em casa e pararam a economia do país. Segundo o presidente, a economia brasileira é a que melhor está se recuperando da crise mundial. “São momentos difíceis, mas nós não deixaremos ninguém para trás. Lamentamos tudo isso, mas fazemos o melhor”, disse o presidente.


Fonte: Canal Rural

Fonte da imagem: Divulgação